amazon

amazon
amazon - clique na imagem

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

O Respeito Que Nos Falta


Assistindo ao Fantástico, o quadro "Vai fazer o quê?", uma pipoqueira nordestina é humilhada por uma freguesa. Muitos a defendem, indignados com a freguesa. Na verdade é um quadro gravado, com atores, para saber a reação das pessoas.

Olha, eu chorei. Mesmo sabendo que se tratava de atores, chorei.

Aquele outro em que a mãe humilhava a menina num shopping, fiquei arrasada!

Alguém já presenciou alguma cena de ofensas, na rua, com alguma pessoa? É horrível!

Um dia, numa fila de caixa de uma loja, um senhor, digo senhor pelos cabelos brancos, começou a criticar a fila especial para idosos, gestantes e portadores de deficiências. Apontava o dedo e criticava, indignado, pelo privilégio que alguns têm. Eu estava atrás dele e não falei nada porque ele estava visivelmente alterado, acho que estava bêbado e então preferi ficar quieta já que a fila dos especiais estava longe e nenhum deles ouviu o que o senhor falou. Mas fiquei indignada e nunca me esqueci dessa história.

O que algumas pessoas acham que são perante outras? Já chega esse maldito racismo que não deveria existir de jeito nenhum, a ofensa é ato comum na vida de certas pessoas. O que faz uma pessoa melhor que outra? A cor da pele, o trabalho, o local de nascimento? Quem tem uma atitude dessa deve pensar ser imortal. Nunca deve ter entrado num cemitério ou ido num velório.

O que, meu Deus do céu, levamos dessa vida? Por que alguns seres se sentem potentes ofendendo os outros? Será falta de educação de berço? Olha, nem sempre. Ainda acredito que a falta de educação é só uma parte da índole da pessoa, mas acredito também que ela já venha com essa índole, já nasça desse jeito e com o tempo desenvolva atitudes fora do padrão de convivência da sociedade.

Tem um post que sempre aparece nas redes sociais "Pra conhecer o caráter da pessoa, observe como ele trata as pessoas que não possam beneficiá-la em nada". Isso é certo e existem aos montes!

Já convivi com pessoas assim e digo que não é fácil. É um inferno! Pessoas que culpam o mundo por tudo, que culpam o outro, que culpam a situação pessoal, a falta de sorte, que culpam... E sempre são vítimas da vida. Reclamando de tudo como se a palavra final, por lei, fosse a sua. São infelizes por culpa própria mas é bem mais fácil culpar o outro por não ter tudo o que quer.

O respeito está escasso, os bons modos não são vistos por aí de jeito nenhum, as ofensas são gratuitas e nada se faz.

Esse quadro do Fantástico nos faz pensar sobre o que estamos cansados de saber. Infelizmente quem precisa ver, ouvir e aprender está longe de ficar assistindo o Fantástico ou então pensa que não se enquadra no perfil do sem educação. Tão acostumado a culpar, julgar, condenar o outro que o status de vítima lhe cega.

Que bom saber que existem muito mais pessoas do bem do que do mal. Apenas não aparecem sempre na mídia porque não geram lucro, não dão audiência, não aumentam o ibope. Mas nós sabemos que pessoas decentes estão espalhadas por aí sim, graças a Deus!

Uma ótima semana para todos!


17 comentários:

  1. Clarinha

    Fiquei tb muito indignada com o quadro de ontem, é isso que acontece mesmo, acho um dos quadros mais legais do Fantástico. Isso acontece principalmente lá no Sudeste, pois qdo vou para SP, vejo isso muito.

    Bjosss e uma excelente semana.

    Sheyla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sheyla, eu não tolero nenhum tipo de grosseria. Fico revoltada e com esse quadro, mesmo sabendo que são atores, eu choro!

      Beijos, querida e uma linda semana pra vc!

      Excluir
  2. Boa Tarde Clara !!!

    Eu também fico indignada com a falta de respeito das pessoas, eu conheço pessoas que são tão soberbas que quando falam com você nem olham no teu olho ou quando olham é com o ar de que você não é nada. Eu lamento as pessoas que são assim, e creio que faça parte da índole da pessoa, pois é como você disse tem pessoas que fazem isso somente com quem não vai beneficia-la, uma pena mesmo que existes seres imbecis desse jeito, mas eu creio que pessoas assim vão pagar pelos seus atos de alguma forma nossa vida.

    Beijos e adorei seu texto. Sempre gosto e desculpa não ter mais comentado rsrsrs. mas tô sempre lendo como sempre digo tô escondidinha aqui lendo seus belos textos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Janaína, assista ao quadro pra vc ver. A gente sofre de ficar olhando, mesmo sabendo que são atores. O povo se revolta e defende! Essa é a parte boa do quadro.

      Vc é bem-vinda, Jana, comentando ou não, fique sempre à vontade aqui!
      Beijos

      Excluir
  3. oi Clara
    não vi o quadro, mas já tive a oportunidade infeliz de assistir coisas deste tipo.
    Infelizmente, autocontrole já era né.
    Aí entra a educação. Principalmente a educação das emoções pra gente poder viver feliz.
    E neste caso, nós mamães e papais deveríamos ser os mestres da emoção, né.
    Beijinho grande procê.
    boa semana...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os pais parece que desaprenderam a educar os filhos. Triste isso, Liliane. Se ninguém ensina eles não aprendem.

      Beijinhos procê e pros filhos!

      Excluir
  4. Também fico feliz de ver que existem pessoas do bem e qye fazem sua parte! Legal! beijos,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ainda bem que é assim! Mesmo que escondidos por aí, mas existem!
      Beijos, Chica!

      Excluir
  5. Este quadro é muito bom e faz as pessoas pararem para pensar um pouco e perceberem que todos devem ser tratados com amor e dignidade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm gostei desse quadro. Raramente assisto Fantástico, mas passei a assistir depois desse quadro.

      Beijos

      Excluir
  6. Oi Clara,
    Não assisti esse quadro mas vejo quase que diariamente pessoas sendo racistas e preconceituosas com outras. Também fico indignada e muitas vezes desço do salto alto e bato boca, rsrs. Outro dia mesmo acompanhando minha irmã cadeirante vi o quanto as pessoas se irritam com elas. Por exemplo, fui pegar o metrô e tinha de usar o elevador que tinha a placa: para pessoas nessas condições. A fila era enorme e só gente jovem e com pernas boas para usar a escada normal ou a rolante. Na fila, só um senhor bem idoso e minha irmã cadeirante. Não tive dúvidas, pedi licença e passei a frente trazendo junto o senhor idoso. O pessoal começou a xingar e a falar que lugar de idoso e aleijado era em casa. Sem atrapalhar. Olha,se não me seguro parto pra briga física, kkkkkkk É duro mas a gente aos poucos vai tentando orientar e ensinar as pessoas que bons modos, educação e respeito cabem em qualquer lugar. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita gente sem educação e sem respeito, Roseli.
      Tem que ser grosseira às vezes porque se deixarmos eles tomam conta.
      Vc fez muito bem e faça qtas vezes precisar.
      Um beijo na sua irmã por mim!
      E outro pra vc!

      Excluir
  7. Pois é Clara a intolerância, o desrespeito, o preconceito, estão soltos por aí, basta uma câmara na mão que teremos muito mais do que uma pegadinha.Está provado que o ser humano reage diante injustiça e que esta floresce em nosso meio.
    Uma linda semana a você amiga.
    Meu terno abraço.
    Bjo de paz e luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que o ser humano, na sua grande maioria, não aceita isso! E fica indignado e defende quem precisa. Só não é tão comentado porque não dá ibope. Pelo menos antes não dava,mas esse quadro do Fantástico é ótimo!

      Uma linda semana pra vc também!
      Um abraço, beijo e paz!

      Excluir
  8. Olá Clara, interessante suas colocações.
    Grande abraço, saúde e paz.

    ResponderExcluir
  9. Sim Clara, também acredito que existem muitas pessoas boas neste mundo. Compartilho a sua indignação, não tenho paciência para gente rude e preconceituosa. Às vezes, é muito difícil não dizer umas verdades a essas pessoas.

    Quando ao quadro, não posso comentar, porque não conheço o programa de televisão, mas acredito que existam muitos do género, em todos os países.

    Um abraço
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  10. O Roberto Carlos é que diz que o bem é maioria e eu acredito nisso,só que como vc disse,não é mostrado na midia,acho que não dá Ibope.Seria bom demais se os nossos jovens começassem a seguir esses bons exemplos e espalhar mais respeito pelo mundo.Muito boa a sua cronica!bjs,

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!