amazon

amazon
amazon - clique na imagem

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Pisquei, Cresceram


Essa semana meu filho Leonardo entrou para a maioridade. Isso me assustou um pouco. Me lembro de quando eram bebês, loirinhos e lindinhos, grudados um no outro... E hoje adultos, encaminhados, saudáveis, alegres e gente boa. Minha filha Amanda já está com dezenove, quase vinte anos.

De todas as dificuldades que passei na vida eles foram meu foco, minha âncora, minha base para me manter em pé e não desistir. Se não fossem eles nem consigo imaginar o que teria acontecido. Anjos que Deus me mandou para tomar conta. Aliás eles que tomaram conta de mim, desde sempre.

Quando me separei eles eram bem pequenos e não tinham ideia do que estava acontecendo. E tudo foi acontecendo sem que soubessem da gravidade da situação. Me desdobrei em mil para não deixar que nada de ruim os atingisse. E acho que consegui.

Nessa mesma época tive que deixar minha casa, minhas coisas, e ir morar com meus pais. Uma fase muito, mas muito complicada. Lá voltei para o quarto de quando era solteira. Colchões espalhados pelo chão e nós grudados um no outro. Ensinei-os a rezar. Eu ia falando frase por frase e eles iam repetindo. No terceiro dia já sabiam rezar a oração toda. Como aprendem fácil!

Depois aluguei uma casa, do lado da dos meus pais. Tinha dois quartos mas eles dormiam comigo em minha cama. Revezavam quem dormiria grudado em mim. Um dia um, outro dia o outro. Eles mesmos que combinavam tudo. Como é bom dormir com filho pequeno, eles quase subindo em cima da gente, abraçando a noite toda, jogando as perninhas e os bracinhos em cima do nosso corpo... Minha filha tinha mania de pegar uns fios do meu cabelo e enrolar em seu dedinho... fazia um nó bem pequeno e não tinha como desfazer esse nó a não ser cortando o tufo. Ficava todo desfiado, por tantos nós cortados...

Acho que não tenho hora de maior paz do que quando vejo meus filhos dormirem, sossegados, como anjos...

E assim fizeram até que completassem uns dez anos e já não cabíamos todos em minha cama. Hora do desapego... Mas mesmo assim revezavam quem dormiria comigo e qual dia. Um dia na semana já estava bom. Uma semana um e na outra o outro. Até o desapego total.

Ainda pequenos andávamos de carro e eles no banco de trás (que horror, mas naquele tempo não tinha essa obrigação de cinto de segurança, mas eu andava devagar, o que não justifica nada) olhando para os carros e dando tchauzinho. Não tinha ninguém que não retribuía! E ligava o som bem alto e cantávamos mais alto ainda, depois caíamos na risada. Eles ainda se lembram das músicas...

E outra coisa que se lembram até hoje e acreditem, até hoje faço isso, dividir o que compramos. A mesma quantidade para cada um, em vasilhas separadas. Ficam esperando eu fazer isso... Pode uma coisa dessa?

Meus anjos crescidos...

Aqui na minha casa tem uma regra: nada de brigas, nem discórdia, nem agressões e nem xingamentos. Aqui é um lar e como todo lar tem que ter paz e harmonia. E assim tem sido desde então.


Vendo-os assim, crescidos, me dá a sensação de dever cumprido, de agradecimento por tê-los por perto, sem ser dona deles, mas uma instrutora que tem a consciência de que logo logo irão seguir seus caminhos, formar suas famílias e a vida continua... Como tem que ser.

Que Deus nos proteja, sempre e sempre!

Amém!

15 comentários:

  1. Fico feliz que tenhas conseguido ter teus filhos unidos assim felizes, parceiros de vida! Isso faz toda a diferença na vida! beijos,parabéns aos 3! chica

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Clara! Um exemplo lindo o teu de que é possível em meio às adversidades conseguir a harmonia de um lar.
    Estão lindos as tuas sempre crianças, agora crescidas!
    Que sigam companheiros, espalhando sorrisos. Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Clara fiquei comovida em ler sua história de vida, ver seus filhos lindos, saudáveis com ótima formação para encarar a vida. Parabéns!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Vocês 3 são lindos. Daquela "lindeza" que tem mais valor, que é a interna. Deus os abençoe sempre. Não se esqueça de que cada dia é um presente. Vamos sempre "abrí-lo" com boa expectativa. Às vezes não gostamos do que tem além do "papel", mas podemos deixar num canto ou carregar conosco, como um peso. Tudo depende de nós, sempre.
    Que a vida de vocês 3 seja sempre plena de saúde, paz e energia.
    Beijo, maninha. Beijo nos sobrinhos. (carinha sorridente e coraçãozinho do FB. rs)

    ResponderExcluir
  5. Clara...comoveu,menina! É mesmo com surpresa que vemos os filhos chegarem á maioridade! Mesmo sabendo que um dia irá acontecer nos surpreendemos! Parabéns ao Leonardo e que venham muitas coisas boas á sua vida! bjs,

    ResponderExcluir
  6. Amém! Não foi fácil né Clarinha? Mas vendo eles assim maravilhosos, sabe-se que tudo valeu muitoooooo!!!
    Parabéns p/ vc! Criar filhos para o mundo não é fácil. E que venha muitos anos luzes para os seus filhos. Parabéns p/ o Leonardo! Já te falei que o meu mais velho se chama também Leonardo?
    Tenha uma semana luz!

    Bjoooooooo

    ResponderExcluir
  7. Que filhos lindos voce tem, Clara Lùcia, parabéns!
    E mais parabéns ainda pelo jeito honesto, simples e amoroso de cuidar deles.
    Uma famíllia unida e bem amada, nunca se separa, mesmo quando os filhos casam.
    beijinhos cariocas



    ResponderExcluir
  8. Meus queridos, muito obrigada!
    Comentários que me incentivam muito e me enchem de amor... de carinho...
    Impressionante que o que temos de mais puro, mais verdadeiro, não acaba e nem modifica. Só aumenta mais e mais, graças a Deus!
    Que o Senhor nos abençoe a todos!
    Beijos nas bochechas de vocês... "coraçãocasmão"

    ResponderExcluir
  9. Lindo tudo que conquistou, você é uma mulher de garra e tem uma linda família. Parabéns, que sejam sempre muito abençoados. Com certeza, saberão escolher o caminho, pois terão o seu exemplo como mãe, que soube criá-los muito bem.
    Abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderExcluir
  10. Oi Clara!
    Lindo isso que escreveu. Um exemplo maravilhoso. Quantas são as famílias que se perderam devida as adversidades da vida. Você foi sábia pra dirigir tua família, parabéns por você e pelo teu casal de filho. São lindíssimos!
    Que Deus abençoe grandemente a eles e a você.
    Desejo uma excelente páscoa a você e todos os teus.
    Um abraço com carinho!
    Ótima semana!

    ResponderExcluir
  11. O tempo voa amiga e ei-los crescidos e unidos e prontos para a sociedade.
    Uma especie de missão cumprida, mas que bem sabemos nao termina.
    Bela união que Deus conserve.
    Abraços.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  12. Claríssima, sei bem o que é sentir esse susto e, ao mesmo tempo, essa sensação de dever cumprido. Tb criei os meus sozinha, trabalhando fora (inclusive da cidade), estudando, olhando as lições dele, levando-os à Igreja, contando e ouvindo histórias. Sempre tive a saúde muito frágil e tinha muito medo de morrer e deixá-los sem um lar estável. Graças a Deus semana que vem completo 50! E eles estão adultos, encaminhados, bênçãos de Deus!
    Abração pra vc e seus filhos! Santa Páscoa do Senhor!
    Jussara - minasdemim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Minha querida, vc está de parabéns. A minha mãe passou pelo mesmo, criou 4 filhos sozinha, é uma guerreira. Deve encher o peito de orgulho, por esses dois jovens lindos e saudáveis. Que a paz continue a reinar nesse lar maravilhoso.
    Um abraço, um doce restinho deste domingo pascal
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  14. Incrível como o destino guia-nos para entrelaçarnos uns aos outros.

    Foi no Google stream,com uma canção que partilhastes que vim aqui parar e como estou encantada de conhcer um bocadinho do teu mundo Clara.

    Sei como é essa sensação de ver os filhos crescidos,é um pazer orgulhoso,comovido e ao mesmo tempo um espanto do tempo ter passado tão veloz.

    O melhor e tudo é observa~los e constactar que fomos boas mães,se não perfeitas,mas a eles de nós foi dado o melhor e mais bonito.

    Linda tua família,grat por partilhares esse momento valioso.

    Também tenho duas meninas,Samantha de 27 e Raena 19,são minha razão de viver e maior alegria.

    Meu carinhoso abraço e votos de uma semana abençoada para Ti e tua família linda.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!