amazon

amazon
amazon - clique na imagem

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Mulheres Sem Prazo de Validade


Uma querida amiga, Pauline, fará o lançamento do livro Mulheres sem Prazo de Validade.

Livro que terá lançamento carioca, na Livraria Argumento, no Leblon.
Dia 29 de novembro de 2013, às 19h.

Livraria Argumento - R. Dias Ferreira, 417 - Leblon
Rio de Janeiro - RJ
Tel: (21) 2239-5294


Apresentação do livro:

Difícil tarefa: olhar-se e ver. 
Quando estamos de frente para o espelho não vemos as costas. 
Logo nossa visão é parcial sobre nós mesmos. 

Já diria Glorinha Khalil, uma de nossas musas da elegância, que é preciso colocar um espelhinho para nos ver de costas e aí saber se o visual está realmente “ok.” 
Boa ideia, também podemos colocar um espelhinho em diversos outros lugares.

Esconderijos, onde enfiamos a cabeça para não ver aquilo que está na cara – nós mesmos. 
Aquele ser que conhecemos mesmo antes de nascer. 

Mentir para si por quê? Melhor descobrir-se, e já. Não para ficar com a “bunda de fora”, mas por que não adiantam as justificativas, nem fingir que não viu. Todo mundo vê o outro de forma tridimensional. De frente, de trás (como diria Rita Lee “eu te amo cada vez mais...”), somos nós mesmos. E vermos aquilo que somos sem mais rodeios faz parte do nosso caminho rumo à autoestima e à falta de medo diante do que quer que seja. 
Poder dizer: “sou eu – está bom ou quer mais?” 
*************************************

Veja tudo o que apronta essa moça, se não é uma grande mulher, admirável!

Nasceu no Estado do Rio de Janeiro e mora há 15 anos em São Paulo.
É formada em Ciências Políticas e Sociais pela PUC – RJ e em Psicologia pela Universidade São Marcos – SP. 

Durante 16 anos foi Redatora e Diretora de Criação em diversas agências do Rio de Janeiro, Curitiba e São Paulo, tendo recebido inúmeros prêmios por seus trabalhos em nível nacional. 

Escreveu dois musicais para crianças: “Bom Dia Alegria” produzido no Rio de Janeiro e encenado no Teatro da Galeria e “A Lâmpada Flutuante”, baseada na travessia de Amyr Klink, produzido no Rio de Janeiro e encenado no Teatro Ipanema e em São Paulo no Teatro do Vento Forte, todos dois aclamados pela crítica e pelo público. 

Frequentou por dez anos os seminários do Colégio Freudiano do Rio de Janeiro, aprendendo os conceitos de Lacan e também da Nova Psicanálise. 

Estudou Ecossistemic Family Therapy no Roberto Clemente Center, Gouvernuer Hospital, NYC, e trabalhou como Activity Therapist e Case Worker no Sylvia Del Villard Day Hospital Program. Hoje atualiza sua formação no seminário semanal do Psicanalista Rubens Molina, e atende em consultório particular.

Leitura mais que obrigatória. 
E não é só para mulheres não. 
Homarada também é bom de ler, para entender melhor o mundo das amigas, companheiras, mães, namoradas, filhas...

Post copiado do querido amigo Mauj Alexandre, do blog Lost In Japan. Querem conhecer o Japão via internet? Conheçam o blog dele!

"Livro bom me deixa contente, feliz mesmo.
Neurônios vibram com uma boa leitura.
Fora todo o aprendizado, o crescimento interior, a cultura...
Mundo bom que só um livro te traz.

Quantos livros não reúnem toda uma vida de estudos, pesquisa, suor, acertos, erros, fracassos... experiências de seus autores?
Tudo materializado em um tomo, prontinho pra gente pegar e digerir tudo. Facinho, facinho.
Coisa melhor que isso, existe? Claro que não!"

Mauj Alexandre Imamura

12 comentários:

  1. eu to super contente de estar aqui no seu blog. me sinto mais perto de vc, que é minha queridona. um bjo Luz Clarita, gosto demais de ti

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm gosto demais de vc, amigo lindo!
      É sempre bom te trazer pra cá pra alegrar meu canto.
      Beijos

      Excluir
  2. Obaaa
    Valeu a dica, Clara
    Vou dar uma passsadinha por lá
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  3. Clara,
    há quase um ano que ensaio a compra deste livro e por outros envolvimentos acabo esquecendo.Foi providencial este teu post pra mim.Vou atrás do exemplar já-já.Pena que não dará pra eu ir ao lançamento no Leblon.O trânsito caótico entre Niterói/Rio me tira a animação.
    Valeu muito a dica completa.
    Bjkas e boa semana.
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pena, Calu, Pauline é uma dessas pessoas raras, com um coração enorme!
      Quem sabe um dia vocês se conheçam por aí?
      Beijos

      Excluir
  4. Oi, Clara!!
    Bacana o seu apoia à nossa amiga!!
    Ela merece todo sucesso!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela merece sim, Luma, uma amiga muito querida!
      Beijos

      Excluir
  5. Olá Clarinha que bom saber, as dicas
    são ótimas, adorei te visitar não estava
    conseguindo entrar no seu Blog, ma shj deu certo
    Parabéns pelo incentivo a sua amiga

    Bjuss de boa noite com bons sonhos


    (¯`v´¯) .`•.¸.•´Rita!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses dias o blog estava esquisito mesmo... não sei, mas acho que agora tá normal.

      Beijos, querida!

      Excluir
  6. Parece um livro científico. Engraçado que o título deu outra ideia. Achei que fosse explanar alguma ideia feminista (será que o livro tem disso?), e acabo lendo sobre um livro! ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não, Suzi, a autora não tem ideias feministas. Não posso opinar muito porque ainda não o li. Mas os comentários e as críticas são ótimas!

      Beijos

      Excluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!