amazon

amazon
amazon - clique na imagem

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Cirque Du Soleil

Recebi esse vídeo, por email, e achei o máximo! Esse Cirque Du Soleil revolucionou mesmo!

Cliquem AQUI para assisti-lo. Fantástico!


Fundado em Baie-Saint-Paul, no Quebec, em 1984, por dois artistas de rua, Guy Laliberté e Daniel Gauthier, para comemorar do 450º aniversário da descoberta do Canadá pelo explorador francês Jacquer Cartier.
Cada espetáculo do Cirque du Soleil é a síntese da inovação do circo, contando com enredo, cenário e vestuário próprios bem como música ao vivo durante as apresentações.


Maravilhoso! Caro, mas o espetáculo vale o preço.

Alguém já assistiu?


4 comentários:

  1. Eu já, aqui na Barra da Tijuca!

    A leveza do show e dos artistas, que parecem de molas ou tecidos. A iluminação fazendo parte do show e a sensibilidade em não usar animais durante os shows, juntamente com a disciplina e o treinamento, dão ao espetáculo uma conotação de estar de bem com a vida.

    Foi muito gratificante, embora caro pra kct!
    Mas vale cada centavo.

    Beijuxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx...

    KK

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca consigo comprar ingressos! Tudo esgotado...
    Por enquanto vou com seu vídeo!

    Acho incrível essa inovação que foi marcante com o Cirque du Soleil. Lembro-me que quando começou a lei sobre a proibição de animais, muitos acreditaram ser o fim do circo ou espetáculos murchos.
    E que maravilha que o circo ganhou outras cores, outros rumos.
    Também me lembro ainda criança que morria de medo quando montavam circo perto de casa porque diziam que roubavam gatos para dar de comida aos leões. Eu tinha muitos gatos em casa.
    Não teria medo do Soleil!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga virtual Clara, e o bacana é que há artistas brasileiros nesta trupe.
    Grande abraço, saúde e paz.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!