amazon

amazon
amazon - clique na imagem

segunda-feira, 6 de março de 2017

Bicho Mulher



Participo de um grupo fechado em uma rede social, só de mulheres. É um grupo grande, imenso! Conseguem imaginar controlar centenas de mulheres? Não tem como, mas ninguém sai de lá a não ser quando é convidada a sair, ou seja, quando é deletada. Tem regras e tudo o mais, mas pergunta se todas têm a paciência de ler regras? E ao contrário deste, existe um outro grupo ao qual não participo, o das deletadas desse primeiro grupo. Eita!

Falando deste grupo, engraçado como é mulher... A intenção do grupo é de união, diversão, troca de informações, atenção, carinho etc. Mas o que menos tem é a união, quer dizer, tem também, mas tem o outro lado, que é a agressão gratuita, os xingamentos, deboches... Ô, bicho pra ser desunido, viu?

Algumas parecem que estão lá só pra fiscalizar as postagens para ir na página pessoal da pessoa e descobrir coisas, enviar solicitações para a família, namorado, marido... Pra desmascarar... Coisas que eu não consigo entender. O que ganha uma mulher ao ir na página pessoal de outra só pra falar abobrinhas? E são muitas que têm esse tipo de comportamento. E mimimi, tretas, conflitos, divergências... Politicamente correto, ou incorreto. Infinitamente sobre qualquer assunto.

Claro que existem as mulheres com bom senso, que sempre têm uma palavra de carinho pra ofertar...

Mulher é esse turbilhão de hormônios em conflito o tempo todo, incompreendida, odiada e amada ao extremo, necessária e apimentada... Mulher chora até desidratar, larga o marido, o namorado e se arrepende... Volta e joga na cara dele pra sempre aquele dia em que ele fez o que não deveria ter feito... Engole o choro e vive em função da família... Vive só e é discriminada... Trabalha muito, ou não trabalha nada... Tem filhos e vê seu corpo modificado em questão de meses... Não tem filhos e é eternamente cobrada por não tê-los... Se cuida, se acomoda, se vinga, ama intensamente, despreza com primor, ajuda, atrapalha, tem medo de tudo e tem coragem de tudo, menos deixar de amar mesmo quem não mereça esse amor, espera retorno e nem sempre dá o retorno esperado, cuida, bagunça, vai atrás e fica atrás... Morre de cansaço e morre de preguiça... Abre mão de se olhar no espelho e coloca um espelho na frente de quem ela ama... É filha, é mãe, é tia, é madrinha, é amiga, é avó, bisavó, é morta... Em vida. É viva numa casa morta, e permanece nela só pra ver como vai ser... E é. E foi. E será sempre.

Besteira querer nos entender se nem mesmo nós mesmas nos entendemos! Apenas nos ame e nos respeite, assim como merecemos. Cada mulher deve saber como quer ser amada, como deve ser respeitada, e isso é o que importa. Sem migalhas.

Só não pode aceitar agressões de nenhuma espécie. Isso nunca mais!

Que o Dia da Mulher seja também pra refletir como estamos vivendo e como gostaríamos de viver. Será que estamos acomodadas sonhando com um dia melhor e que, talvez, o outro mude pra nos agradar? Vale a pena?

Seja mulher do seu jeito, sem rótulos ou dicas de profissionais. Não se compare a nenhuma outra, afinal Deus nos fez únicas no mundo! E especiais! E tudo o que quisermos ser!

Que Deus nos abençoe!

3 comentários:

  1. Mulheres somos complicadas mesmo.Vai entender! Que seja lindo nosso dia, que aliás, nem precisaria ter data marcada, né? bjs, felicidades! chica

    ResponderExcluir
  2. COstumo dizer, que a mulher é a obra prima de Deus.
    Parabéns
    Um abraço. Élys.

    ResponderExcluir
  3. Um bom texto reflexivo. Que este dia seja de alegrias pelas conquistas e marque também a necessidade de muito mais. bjs

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!