quarta-feira, 3 de junho de 2015

A Felicidade Diferente Incomoda


Para quem ainda não viu, esta é a propaganda do O Boticário para o Dia dos Namorados, com casais gays. E está incomodando muito e já foi denunciada no CONAR, por pessoas que se sentiram ofendidas.

Mesmo com todo o avanço tecnológico, mesmo com toda a liberdade em redes sociais em se falar o que quiser, a vida alheia ainda incomoda muito. A vida íntima das pessoas ainda é assunto em todos os lugares.

Os defensores dos bons costumes, acham imoral a união entre pessoas do mesmo sexo, que agride a moral dos demais etc...

Cada um tem o direito de achar o que quiser, concordar ou não, mas fico pensando que no mundo há tantas coisas erradas e que fogem completamente dos bons costumes e mesmo assim não são condenadas. Mas a vida íntima de cada um, a felicidade, ah, mas incomoda muito.

Se é pecado ou não, é problema de cada um. Se relacionar com pessoas do mesmo sexo for pecado, eles são pecadores, assim como os julgadores que os condenam. Todos iguais pecadores.

Será que a vida sexual do cidadão está acima de seu caráter?

O que pode modificar na minha vida saber que não sei quem é gay e está feliz?

Ninguém precisa se tornar gay só porque há uma "revolução" pela liberdade de ser gay. Deixem eles em paz e cuide de sua vida, eduque seus filhos e seja honesto com as pessoas. Ninguém tem o poder de modificar o outro, então é de bom senso que se aceite o outro como é e não como você quer que ele seja..

A propaganda do Boticário não mostrou nada que fere os bons costumes. Mostrou apenas o amor entre as pessoas. Só isso!




8 comentários:

  1. Você tem toda razão, Clara
    Um beijinho carinhoso para você.
    Ótimo feriado.
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respeito é bom e todos gostamos!
      Beijos, querida!

      Excluir
  2. Oi Clara!
    Eu, como Protestante, sou totalmente contra essa campanha de discurso de ódio que estão fazendo não só contra o Boticário, mas contra os homossexuais em geral.
    De boa, o que eles vivem não é opção. Eu não acredito que alguém possa optar por um caminho onde sofrerá graves preconceitos e até risco de morte o tempo todo. Por isso prefiro seguir a linha e acredito em orientação sexual. Elas têm essa orientação assim como os heterossexuais.
    Não penso também que isso vá "destruir famílias" como se prega aos quatro cantos por aí. O que destrói famílias, que eu vejo, é o adultério e não vejo ninguém lutando contra seja na mídia ou sequer no púlpito!
    Beijos colega e um ótimo feriado para ti.

    Rivotril com Coca-Cola

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi, você tem razão, não é opção, é o que são realmente. Vou corrigir o texto.
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  3. O que penso ser contra a moral e os bons costumes
    e exibir a própria vida íntima em toda a mídia possível,
    como se fosse o que todos deveriam assistir.
    Mas a grita do pessoal é antes a reação da hipocrisia.
    Eles preferem a guerra.
    Vai ver sáo os mesmos que pedem intervenção militar
    no mundo civil.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem um certo exagero sim por parte de alguns. A mídia fascina e muitos querem estar nela o tempo todo, o que tbm acho desnecessário. E estando na mídia já é um prato feito pra comentários. Independente de ser famoso ou não.
      Beijos

      Excluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!