amazon

amazon
amazon - clique na imagem

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Florbela Espanca



Só se Pode Ser Feliz Simplificando


Só se pode ser feliz simplificando, simplificando sempre,arrancando, diminuindo, esmagando, reduzindo:
e a inteligência cria em volta de nós um mar imenso de ondas, de espumas, de destroços, no meio do qual somos depois o náufrago que se revolta, que se debate em vão, que não quer desaparecer sem estreitar de encontro ao peito qualquer coisa que anda longe:
raio de sol em reflexo de estrelas. E todos os astros moram lá no alto.

Florbela Espanca, "Diário do Último Ano"

3 comentários:

  1. Grande Florbela com todas as mazelas vividas e sofridas.
    Bela e dolorida partilha Clara.
    Meu abraço de paz e luz.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Clara, sou apaixonada pela obra de Florbela! Obrigada por postar algo tão belo e tão profundo.
    Bjs

    ResponderExcluir

  3. Gosto muito dos sonetos da Florbela, são muito bem
    construídos e expressam perfeitamente seu sentimento.
    Porém, este pensamento, profundamente pessimista,
    não me transmite nada, fora o pessimismo.
    Aliás, meu humilde entendimento não chega a assimilar
    nada desse oceano em que ela naufraga.
    Acho até que ela poderia uilizar o tempo que passou
    escrevendo isto, tentando fazer um novo soneto.
    Rerrerré!
    Beijos.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!