segunda-feira, 26 de março de 2012

Aposentadoria e o bom senso

Eu particularmente tenho paciência com os idosos. Gosto de ouvir suas histórias, gosto da simplicidade de alguns, das comidinhas gostosas que alguns passam a receita, e gosto dos conselhos também, apesar não se seguir nenhum.

Também acho que ele têm o direito de tudo do bom e do melhor, já que é praticamente o final da vida. E concordo com todas as regalias que conseguiram, através das leis.

Mas, o que temos visto por aí, e não é só opinião minha, mas de todos, em todos os lugares, é que eles abusam da boa vontade de todos, só por serem idosos.

Sábado eu fui à lotérica pagar contas e tinha um caixa só para jogos, outro caixa só para idosos e outro caixa atendendo os demais. Era época de pagamentos, então estava lotada. E num momento, a mocinha do caixa dos idosos foi tomar um cafezinho, e o próximo idoso da fila começou a reclamar que não tinha ninguém. Então, a toda gentil moça do caixa geral chamou o idoso e o atendeu. E apareceu outro idoso, e outro, e outro. É claro que todos da enorme fila, inclusive eu, não gostamos nada e começamos todos a reclamar. E não é que a mocinha que estava tomando café apareceu, do nada!

Outra situação que tem muita reclamação: os ônibus circulares. Nunca apareceu tanto aposentado junto num ônibus como aparece em horário de pico, de muito movimento. E ai se ninguém ceder lugar para eles! Começam a reclamar em voz alta para todo mundo ouvir.

Agora fila de banco. Bem, todo mundo sabe como é penoso ficar em fila de banco. Eles têm o dia deles receberem, que todo mundo já sabe, mas então alguém me explica: de onde aparece tanto aposentado em dia de pagamento de pessoal, dentro de um banco? De onde saem e o que fazem na fila? Tem a fila deles, mas quando começa a ficar grande demais, para não cansar os idosos queridos do coração, os outros caixas começam a chamá-los para atendê-los. Pode isso, gente?

Ontem, domingo, minha filha e eu fomos em uma loja tentar comprar alguma coisa. É uma dessas lojas de departamentos que quando abre fora do horário normal, simplesmente a cidade toda vai lá. Então, depois da compra, fomos para a fila do caixa... e não andava de jeito nenhum. Umas oito pessoas na nossa frente e a fila não andava. "Vai lá ver o que tá acontecendo, filha!". E lá se foi Amanda olhar o que acontecia. "A moça está passando os idosos na frente!" Affffffffffffffffffffffffffffffffff

Reclamar para quem, do quê? De um direito deles? Nem tem como. Um dia eu vou ser uma aposentada e quero todas essas regalias também.

Mas precisa, senhor aposentado,  pegar ônibus circular no horário de pico, sendo que o senhor tem o dia todo para ir e vir onde quiser?

Precisa ir na lotérica no sábado, sabendo que está sempre lotada, já que o senhor tem todos os outros dias para passear e aproveitar e fazer um joguinho ou pagar uma conta?

Geralmente os bancos têm senhas e as pessoas ficam sentadas esperando. Então, senhor aposentado,  que tem um horário todo especial para o senhor receber, por que ir ao banco justamente depois que o resto da população recebe e ficar com essa carinha fofa de cansado da vida, querendo logo sair de lá, porque está calor, está cansado, com fome, com sede, com vontade de fazer xixi.... por que ir num horário lotado se o senhor pode ir num dia e num horário em que todos estão trabalhando e o banco está às moscas?

A vida é difícil, aposentado sofre, é discriminado, mas o bom senso e o respeito aos demais a gente aprende desde cedo.

Ah, mais uma coisinha: nessa loja em que fomos, como era domingo, serviram café da manhã. Bem, estávamos numa fila para pegar suco e quando estava chegando nossa vez, uma senhorinha muito lindinha e fofa, com o seu netinho muito coitadinho atarracado num abraço, olhou para minha filha e disse: eu já estava aqui tá? E ficou na nossa frente, alisando o netinho que era do tamanho dela já. Eu não aguentei e disse bem alto para minha Amanda:

- É assim que nascem os aproveitadores, os cafajestes, os folgados, os que acham que o mundo gira em torno deles. A "pessoa" quer de todo jeito levar vantagem num suco, colocando o netinho na frente de todo mundo, sem fila preferencial para nada, e não percebe que está educando um monstro. Depois ele continua sendo um monstro e a avozinha tão querida não sabe o que aconteceu com o menino.

Minha filha arregalou um olhão, como me chamando a atenção do que eu acabara de falar e todos que estavam perto ouviram. Mas eu falei para ouvirem mesmo. Gestos bobos, simples, mas que fazem toda a diferença na cabecinha de uma criança. Por fim as pessoas concordaram comigo, menos a avó que não estava nem aí para ninguém.

Se ela tivesse chegado e pedido para passar na nossa frente, é claro que concordaríamos sem problema nenhum. A atitude dela em querer levar vantagem, achando que enganaria dizendo que já estava na fila é que não foi boa. O exemplo que ela passou para o neto naquela hora foi péssimo.

É lamentável!

21 comentários:

  1. Essa falta de respeito com idosos e outros(até idosos, pois não significa que velhos ficam santos, pelo contrário...Há uns que se tronam um saco!) que não tem educação me irrita um bocado!!beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Oi Clara!
    A atitude desta "senhorinha" realmente é pura falta de educação, não acho que é por ser idosa.
    Mas sabe, aposentados neste país, nem sempre ficam em casa, de pijama vendo televisão (como dizem alguns), eles precisam sair para trabalhar em algum emprego para completar seu salário de miséria ...... Então vemos muitos nos ônibus, nos bancos etc.
    Eles tem muito valor, pois trabalharam a vida toda e ajudaram a preparar o país para a próxima geração. São rechaçados em vários lugares, como se não prestassem para mais nada. Muitos deles, com seu parco dinheirinho ajudam em casa (quando deveriam ser ajudados). Em vários países do mundo eles são muito bem tratados por todos, tem o respeito e o carinho que merecem. E não é porque vão morrer daqui à pouco ..... muitos jovens vão antes deles .......
    Boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Turquezza, por seu comentário.
      É bom ouvir a opinião de todos!

      Eu defendo os idosos qdo eles merecem ser defendidos.

      Beijossss

      Excluir
  3. Clara,há idosos e...idosos...uns são mesmo fofos e educados,merecem ter esse carinho da preferencia,mas confesso que já vi casos de alguns abusados!...rss...um dia eu estava no caixa do estacionamento do supermercado,carimbando minha nota.Não havia ninguem quando cheguei e são 3 caixas e nenhum está escrito que é preferencial,então fui no primeiro.Chegou uma senhora atras de mim gritando: não é essa a fila preferencial? Levei um susto tão grande,porque sou meio distraida e pensei ter entrado na fila preferencial e sai correndo da frente dela e a deixei passar.Só depois meu marido me alertou que estava todos os caixas livres e nenhum vinha escrito que era exclusivo para idosos.É a vida!...rss...mas que dei um pulo, isso nem se fala!...rss...bjs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Clara!
      Noooossa menina, isto tem em todo lugar! Aqui vejo muitos exemplos como os seus e me irrito, mas muitas vezes quem é louco de reclamar, é capaz de sair tapa.rsss
      Beijinhos e uma ótima semana!

      Excluir
    2. Clara está "possessa" com os velhinhos hahahahahahahaa

      Excluir
    3. Anne, eu sei de muitas histórias assim, de idosos que se acham donos dos estabelecimentos e são mal educados.
      Eu não tolero isso, mas por respeito, é melhor ficar quieto, o que é muito difícil pra mim que sou bocuda!

      Beijos

      Excluir
  4. Oieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!

    Isso aqui no Rio está virando profissão.

    Mas comigo eles se estrepam todo. Tem muito velho indo a banco para as empresas não enfrentarem filas. E isso em dois turnos.

    Eu sou campeão internacional de furar fila quando dizem que já estavam ali. Ok.....por mim pode ficar, mas eu vou ficar na sua frente. Pois quando eu cheguei o senhor e nem seu netinho estavam aqui.

    Eu li uma crônica no Natal que falava sobre isso. Uma senhora achava engraçado quando o netinho dela pegava ovo de galinha da caixa e arremessava no chão. Um desses ovos acertou a filha de um cidadão. Este pegou um ovo e tacou na cabeça do "guri" mal educado. A "vovozinha" foi chamar o gerente. Depois de explicar o ocorrido o cidadão foi aplaudido por todos. Acho que isso foi publicado nO Globo. E eu já até vi no Facebook.

    Lamentável!!! As pessoas estão fazendo questão de qualquer vantagenzinha.

    Beijuxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    KK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe quem fez uma coisa parecida e eu morri de rir?
      O pai da Diva!

      Disse que estavam na fila do supermercado, e um menino que mexia em tudo, derrubou água no pai dela. E a avó achou graça, e falou que ele tava parecendo doido. E o pai da Diva disse que tava mesmo, que era bom levar ele pro médico ou pro psiquiatra, porque o jeito dele não era normal não. Todos na fila bateram palmas pro pai dela.
      Até eu se estivesse lá, bateria.

      Adorei!

      Beijossssss

      Excluir
  5. Hun este assunto me deixa fervilhando tbm em algumas filas por ai, bancos lotericas.
    Tô eu com uma pressa danada, pra voltar pro trabalho , com hora estourando, logo vem um e passa na minha frente.
    Quando eu estava gravida barrigão enorme,tinha vergonha de passar na frente dos outros pq eu tinha condições de ficar ali esperando.
    Em certos casos claro a pessoa é bem debilitada, mas o pessoal aproveita tbm né não?Aqui na minha cidade aproveitam sim!!!!
    Faz nada o dia inteiro,vai mais cedo, vai no horário q não é de pico.
    Não ai que é bom, vaõ no horário q esta estufado,entupido de gente na fila do banco, Correio e lotérica e chegam, e ta nem aí não, vai lá frente do cx e boa passa na frente mesmo. Entaõ vai ter q colocar um caixa para os que tem pressa tem horários a cumprir.
    No onibus tbm é fogo,todos temos o direito de sentar estamos pagando!
    Certa vez eu morrendo de sono voltando do trabalho,um calorão de matar, veio uma senhorinha , e cm eu estava toda de branco(roupas),tava meio q cochilando no banco do buzão, a senhora cutucou meu ombro e disse, a moça ta cansada mas eu num posso ficar muito tempo em pé, a moça me dá o lugar?Fazendo um favor? Eu queria morrer levantei e dei o lugar pra velha.Eu estava cansadassa e pagando pra andar de pé!!!!
    Bom fazer o quê né um dia chego lá tbm....
    Bjs boa semana!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil lidar com isso no dia-a-dia, Vivian.
      A gente vive deixando pra lá certas coisas e só aparecem aproveitadores da situação e gente folgada.

      Beijos

      Excluir
  6. Oi Clara, é a Vi,o problema é cultural, inversão de valores, estamos vivendo uma época, onde ser honesto, ter princípios é ser otário, e ser malandro, safado, é ser inteligente e esperto.
    A tendencia é piorar, pois as novas gerações vão ficar pior que as anteriores, pois você mesmo demonstrou a educação que esta sendo dada para as crianças.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi, eu tenho até medo do que está por vir.
      Eu faço a minha parte com meus filhos, mas sei que a indignação deles com o passar do tempo vai ser maior do que a minha hoje.

      Beijos

      Excluir
  7. O problema não é dos idosos, nem dos aposentados e nem dos jovens...O problema é da educação de cada um. Assim como tem idosos muito mal educados, existem jovens, também, muito mal educados.
    Conheço uma infinidade de idosos bem educados e uma infinidade de jovens bem educados.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Élys, agora vc falou tudo!
      É triste uma pessoa mal educada. E não é nível social que as torna pior ou melhor. Isso vem de casa mesmo.

      Beijos

      Excluir
  8. Sabe Clara, eu também costumo ser gentil com os mais velhos, até porque, também chegarei lá - espero! Mas meu marido sempre diz uma coisa, que é verdade: "Os sem-vergonha, mal-educados e ladrões, etc também envelhecem." No final, não é a idade que define o caráter e sim a criação, que vem desde criança...

    ResponderExcluir
  9. Vc tem razão. Há casos e casos, mas abusar é demais, não dá pra aceitar e ficar calada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro os idosos! E adoro ouvir suas histórias! Eles têm muito a nos ensinar!

    Abração Clara

    ResponderExcluir
  11. Clara, concordo com você, em tudo. Acho muito bom, valorizar os idosos e que eles tenham preferência, mas cada um é cada um e nem todos tem o senso das coisas, fazem valer seus direitos de forma errada. Belo post, parabéns!!!
    Mil beijos e uma incrível semana, sem se deparar com nenhum idoso em filas rsrsr
    Sheyla.

    ResponderExcluir
  12. isso infelizmente é triste né? a pessoa quer levar vantagem, se "sujar" por causa de centavos ou um minuto a menos na fila. é se vender por muito pouco... e vc fez certo, não dá pra permitir esse tipo de avacalhação só por causa da idade. assim o menino aprende que não é pra imitar a avó rs.

    como diz o ditado, até os canalhas envelhecem.


    bom dia Clara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com o ALê- até os canalhas envelhecem.
      Me lembro que la nos EUA faziam uma coisa boa para todos: no onibus, os seis primeiros bancos que ficavam ate de lado, acho que mais acessiveis, eram dos idosos. So podia sentar neles se nao tivesse nenhum idoso dentro. Os outros eram do resto da população. Assim se respeita o idoso sem desrespeitar as outras pessoas. Tb acho muito absurdo voce ter 3 caixas: um para jogos, outro para idosos, e outro para todo o resto. Coisa mal feita, sem criterio. E ai quem é idoso aproveita ou usa seus direitos? Sei la, mas que a loja esta errada esta. Como tb acho o cumulo estabelecimentos tipo banco ter 2 vagas para toda apopulaçao e duas vagas para idosos ou deficientes. Enfim, aqui no Brasil a coisa sempre sai mal feita. Se for bem-feita, arruma-se um jeito de estragar. Voce tem toda razao de estar chateada. Bjos

      Excluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!