quarta-feira, 21 de março de 2012

Anos 80

Quem teve a infância ou a adolescência nos anos 80 vai se lembrar do que vou mostrar.

Clique na imagem para ampliá-la

Tantas coisas para se lembrar...

O famoso cocktail de camarão, o Hi Fi com Fanta e vodka, os relógios coloridos que eu amava... Ombreiras monstruosas... Eu usei e era metida! Eu tinha uma roupa bem parecida com essa do mosaico, a última do lado direito, verde, curta e com ombreiras.

Michael Jackson, Madona, John Travolta, Menudos... ah, os Menudos - não era tão empolgada com eles não; acho que porque era mais velha que eles. Peter Frampton cachinhos de ouro, minha primeira paixão por um ídolo.

Depois me apaixonei por academias, polainas, campeonatos de aeróbica... e fui estudar Educação Física. Amei! Mas infelizmente, não segui carreira. Coisas que nos acontecem, que não têm explicação. Nem tudo podemos ter, ou podemos, não sei. Não importa!

O que importa é termos boas lembranças. Tempos de juventude destemida e desbravadora, ousada, arredia, tempo dos caras-pintadas e o fim de Collor. Lembram disso? E da Zélia Cardoso de Melo? Mas foi no começo dos anos 90. E do quase presidente Tancredo Neves - voltando aos anos 80? Diretas já! Morreu antes de colocar a faixa no peito. Mistério até hoje. Também tempo das corrupções, escândalos... Eu me pergunto: onde estão aqueles que lutavam por um ideal comum? Onde foram parar? Ainda lutam pelo quê?

Também me lembro dos primeiros computadores de mesa, da rede online discada, que toda hora caía e o chefe dava a maior bronca. Já fui responsável por CPD (Central de Processamento de Dados) numa empresa. Ajudei a implantar e elaborar tudo. Imagina eu, que sou super curiosa, se amei isso?

Tempos de namoros ardentes, paixões eternas, beijos escondidos e nada mais - o mais, só para as mais ousadas. Tempo de brincadeiras dançantes na garagem de casa, com músicas lentas, dançando coladinhos... As meninas todas encostadas na  parede e os meninos escolhiam quem chamar para dançar. Romântico demais... Acho que era final dos anos 70 e começo dos 80.

E os namoros nos carros? Gente, isto podia naquela época, em ruas afastadas, escuras... hoje, nem pensar!

Bons tempos que temos para recordar.

O que vocês lembram dessa época? Me conta?


Acho que nada marcou mais do a novela Dancing Days, com Sônia Braga com aquele top minúsculo, dançando livre, leve, solta!

27 comentários:

  1. Olá Clara,
    boas lembranças. Gostei deste post.
    Abraços e paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Milton!

      Vc é muito bem vindo!

      Excluir
  2. Nos anos 80 eu estava às voltas com filharada crescendo, quatro pestinhas juntinhas e nem via muita coisa,rssr beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Filhos dão um trabalhão qdo pequenos.... imagina 4 pequenos de uma vez!!!! Chica, que fôlego!!!

      Beijos

      Excluir
  3. Clara,eu me lembro que vi Os embalos de sabado a noite umas mil vezes e batia cartão todo sabado com um grupo de amigos na discoteca!...rss...adorei seu texto!Lindas lembranças!bjs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também vi esse filme milhões de vezes, mas um que eu vi mais de um milhão de vezes foi Dirty Dancing....

      Beijos, Anne!

      Excluir
  4. Clarinha,
    estes deliciosos passeios no túnel do tempo, revigoram o espírito, trazem sonhos e sorrisos largos.
    Nesta época eu já era mãe de quatro sapecas, sendo duas pré-adolescentes que curtiam os Menudos, Michael Jakson e o resto da turma que vc apontou.E eu? Eu me descabelando pra dar conta de tudo isso.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E deu conta, com certeza!!!
      Mãe sempre tem uma varinha de condão pra tudo!

      Bons tempos...
      Mas sabe que eu também me identifico muito com os anos 40? Amo as coisas daquele tempo. Daqui uns dias, faço um post sobre.

      Beijos, Calu!

      Excluir
  5. Clara que legal, ótimas lembrança.

    Do autor Gilberto Braga e com direção de Daniel Filho, conta a história de Júlia Matos, uma ex-presidiária que consegue sair em liberdade condicional, quem fazia a personagem era Sonia Braga. Dancin' Days foi uma das novelas de maior sucesso da televisão brasileira. Eu gostei muito de assistir, e não esqueço dela jamais kkk, sabe porque? Meu pai havia comprado uma tv colorida, até então o preto e branco era o basico da época, e a nossa estava péssima, mamãe disse a meu pai, quero tv nova grande e colorida.
    Meu pai muito rígido dizia: vocês parecem dominado por essas novelas, mas mesmo assim foi la e comprou. Engraçado mais hoje não vejo novelas, muito dificil. Meu maridex adora.

    Menina sobre sua pergunta no comentário anterior do meu blog. Vc nem imagina como esse nome é importante pra mim. Isso é minha assinatura original pra tudo na vida real, tem uma história... Essa história é maravilhosa, emocionante,fica pra outra hora, te conto pode crer. E é uma História de minha mãe maravilhosa, que foi responsável por tantas alegrias na minha vida, e por mim Smareis.

    Que outono que começa seja de muitas alegrias.

    "Quando algo acabar ou simplesmente for embora
    lembre-se que as folhas do Outono não caem
    porque que querem.. Mas sim porque chegou a Hora"

    Ótima semana pra ti!
    Beijos grandes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei suas lembranças Clara. Eu lembro de tudo, com certeza. Ate por que nao era criança, éra uma jovem adulta no tempo do Collor, ai que raiva. De tudo, o que mais gostei desse quadro foi A Lagoa Azul, eu me achava a propria Booke Shields...
      Um super beijo,
      Cam

      Excluir
    2. Camille, eu era uma jovem também no tempo de Collor e vi gente morrer por conta de confiscarem o seu dinheiro. Muito triste mesmo!
      Como dizem por aí: "a Lagoa Azul ficou presa pra sempre na sessão da tarde"... povo maldoso!!! rsrsrss

      Beijos

      Excluir
  6. Anos 80 deixou marcas em muita gente! As melhores músicas e grupos surgiram nos anos 80! Namorei pela 1ª vez nos anos 80, rsrsrs! Belo post! Abraço saudoso e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até hoje eu ouço as músicas dos anos 80 que amo!
      Bons tempos mesmo, Elaine.

      Beijos

      Excluir
  7. Oi Clara,
    dos anos oitenta me recordo daqueles cabelos com topetões a base de permanente! Lembro das roupas de cores marcantes . Foi uma época bem Prince.
    Que me parece você curtiu bem essa década! os relógios coloridos , a Fanta. Muito divertido tudo isso!
    bjos
    Zizi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zizi, eu usei tanto esses cabelos com permanente, que vc nem tem ideia. Por fim o cabelo ficava todo ressecado e tinha que cortar tudo! Mas me diverti muito, muito!

      Beijos

      Excluir
  8. Oi Clara, é a Vi, nunca suportei os enchimentos no ombro, arrancava todos.
    Nos anos 80, estava me formando e começando a trabalhar, me lembro dos movimentos grevistas dos metalúrgicos da Volks, que perderam o emprego e iam mendigar no Ibirapuera, pois naquela época não havia direito de greve e a maioria que foi demitida por justa causa não arranjava mais emprego por ter em sua carteira de trabalho anotado, grevista.
    Me lembro de ver na época o líder sindical dos metalúrgicos, lá pelo Museu do Ipiranga em um carro Mercedes Bens com motorista particular (vai ver que ele já obedecia a máxima: se beber não dirija).
    Mas o mistério que acompanhou essa historia foi o dinheiro que os sindicatos dos metalúrgicos de outros países enviaram para sustentar esses grevistas demitidos e que nunca nenhum deles viram, mas que ajudou a fundar um partido politico no Brasil.
    Essa historia sem glamour ninguém conta, mas eu participei dela!
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi,

      Eu amava ombreiras!
      Um pouco depois do começo dos anos 80, pelo menos aqui na minha cidade e acho que no país todo, existiam muitas greves. Eu mesma já fiz, apesar de não ficar no tumulto. Mas na minha cidade, que é polo industrial do calçado masculino, quem continuasse trabalhando, os grevistas jogavam pedras e quebravam toda a fachada das fábricas. Um terror isso. Depois acabou.
      Acho que sindicalistas viram um jeito mais lucrativo de ganhar dinheiro e deixaram os trabalhadores de lado.

      Beijos, beijos.

      Excluir
  9. Eu adorava as ombreiras|

    Beijo da Nita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Nita! amava!

      Beijos, querida!

      Excluir
  10. ........❀◕‿◕❀........
    εїз·Mucha Paz Amiga!!!
    ......★MaRiBeL★.....

    ResponderExcluir
  11. ahahah como eu me lembro de tudo isso. eu era criança/adolescente nos 80 e sim, foi uma época marcante.
    e mto cafona tb hahaha mas era divertido
    boa sexta, Clara! adoro vc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E põe cafona nisso, Alexandre!
      Muita coisa aconteceu, que foi marcante, e qdo somos adolescentes tudo é marcante, tudo é intenso.

      Adoro vc, querido!!

      Beijos e bom dia brasileiro!

      Excluir
  12. Infelizmente não curti os anos 80! Porém adoro!
    Adorei o blog!

    ResponderExcluir
  13. Nas ilustrações acima faltaram os desenhos principais dos anos 80.Sem eles não tem como achar que o assunto é sobre essa década:
    HE-MAN E SHE-RA!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltaram sim, mas He-Man e She-Ra não eram os representantes dos anos 80. Foram só mais um item! Além deles, têm muitas outras coisas que eu não coloquei... só quis dar alguns exemplos.
      Mas, valeu a dica!
      Obrigada!

      Excluir
  14. Esta comunidade é destinada aos fãs das séries, filmes e desenhos que passavam na década 80 e 90.

    Convide seus amigos e familiares.

    Relembrar é viver.


    http://www.facebook.com/groups/tvanos80.90/

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!