quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Senhor de sua senhora

Infelizmente, todos os dias, em todos lugares, em todas as classes sociais, o mesmo fato: "mulher é morta por ex namorado, companheiro, marido, que não admitiu ter terminado a relação."
Esta semana, em minha cidade, uma chacina: um rapaz de 19 anos matou a namorada de 14 e a avó dela com arma de fogo, acertando também o pai dela, que continua internato na UTI da Santa Casa, e depois se matou.
Aí o que se vê nos comentários:
- Mas como ela pode namorar um drogado desse?
- Como a mãe não proibiu esse namoro?
- Como é que não o denunciou à polícia?
A menina já teria morado com ele, apesar da pouca idade, mas por medo das ameaças, de que ele iria matar toda a família, se ela não fizesse o que ele queria.
A mãe da menina já havia denunciado o rapaz à polícia. Este não tinha família; morava sozinho e era usuário e traficante de drogas.
Para quem está de fora, é muito fácil julgar; aliás, a coisa mais fácil do mundo é julgar o comportamento alheio.
Agora não há mais nada a fazer. Mais um tempo comentando o assunto e tudo volta ao normal. Mais uma família que virou estatística.
Esse caso de agressão contra mulher é frequente, e não tem o que fazer.
Quem já passou ou passa por uma situação dessa, sabe que não tem escapatória. São psicopatas que perseguem, ameaçam, batem e matam. Nem se importam com as consequências.
Homens que ainda são obcecados por mulheres, que ainda se acham donos de pessoas, que pensam ter o pleno controle de quem, um dia, conquistou, beijou, amou, jurou transformá-la em uma rainha e, matou!
Não suportam que os passem para trás, que os abandonem. Quantas e quantas vezes repetem essa frase:
- Se você não for minha, não vai ser de mais ninguém.
- Eu te mato e fujo, que ninguém me acha.
- Eu acabo com você e me mato depois. Sem você minha vida não vale nada mesmo.
Mesmo que denunciado, mesmo que preso, um dia ele sai da prisão e vai atrás de sua presa, afoito em acabar com aquele tormento que o renegou. Eles têm estratégias, força física e se transformam em monstros quando contrariados.
Isso é muito grave, muito sério e não tem solução; ter paciência, calma, não bater de frente, não fazer os desejos dele, mas também não enfrentá-lo cara a cara.
Psicopatas não têm limite, são cegos; o único foco é a "amada" que não o quer mais.
Isso sem falar que também coloca em risco qualquer pessoa que se aproxime da moça. Perigo dobrado, porque, sem pensar duas vezes, matam!
Como evitar isso?
Não tem regra. Apenas ficar de olho em atitudes estranhas, ciumes exagerados, querer afastar a pessoa de seu convívio familiar, não sei, é difícil estipular uma regra. Não tem!
Acho que mais do que nunca, é necessário primeiro, nos amar, nos respeitar, prestar atenção com quem vai se envolver, conhecer família, emprego, amigos, e não se empolgar com promessas de quem acabou de conhecer.
Príncipe não existe, e a felicidade não vem a cavalo. Ninguém vai lhe fazer feliz se você não o fizer por conta própria.
Não entregue sua vida, sua felicidade nas mãos de ninguém. Ninguém tem esse poder. Ele é seu, completamente e só seu!
Só para descontrair o texto...

16 comentários:

  1. Texto forte e cheio de verdades! Existem casos e casso assim, infelizmente!beijos,lindo dia!chica

    ResponderExcluir
  2. Clara, esse texto é forte, mas é um bom chacoalhão, mta gente vive com um psicopata e nem sabe! e quem não se deixa respeitar tb é complicado...

    excelente sua reflexão, vou divulgar no face rs.

    bom dia!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia,Clara!!

    Infelizmente existem muitos casos como este...que coisa!
    Muito triste.

    Beijos querida!!!
    **As aulas começas no final de fevereiro.Só me dá um friozinho na barriga quando penso no assunto...rsrsr

    ResponderExcluir
  4. Excelente e forte texto!

    O amor, a felicidade está em nós, não precisamos delegar ela a ninguém!

    Beijossssssss Bella!

    ResponderExcluir
  5. Clara,
    é duro ver isso acontecendo mais e mais e tornando-se, como vc mesma disse, estatística!
    Em pensar que tudo deve começar no primeiro tapa, o primeiro empurrão, a primeira gritaria... E era ali que deveria acabar!
    Parabéns pelo texto!
    Grande abraço!
    ^^

    ResponderExcluir
  6. Adorei a figurinha para descontrair o texto! E penso que voce esta com a razao- o negocio é ficar beemmm de olho mesmo. As vezes as pessoas apresentam sinais evidentes de que sao meio trelele e as vezes nao. Surpreendem ate que conhece o assunto. De toda maneira vale lembrar sempre disso que voce falou-prestar muita atenção na pessoa. A gente vai passando batido por varias dicas... Super beijos!
    Cam

    ResponderExcluir
  7. OI Clara!
    Trágico e verdadeiro!
    Noooossa menina, cada caso desse nos assusta, nunca sabemos mesmo o que vem do lado de lá, do outro. E o pior, muitas vezes até percebemos algo estranho, mas convencer filho do contrario, ah, quem consegue? Melhor rezar para não vivenciar isso.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  8. Uma situação que infelizmente vem ocorrendo com frequência . Qualquer início de relacionamento deve ser visto com muita atenção.

    Antecipadamente desejo um bom Natal e um ano Novo muito feliz.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá muito legal seu blog, bom conteúdo coisas bonitas. Bjinhus até mais
    www.amoracherry.com

    ResponderExcluir
  10. Clara querida,

    Excelente texto! O preocupante é não termos bola de cristal para adivinhar quem é quem. Uma vez na malha de psicopata, a vida vira um inferno. Mesmo infernal, a pessoa ainda não acredita em tudo que o(a) psicopata é capaz de fazer. A cada dia fatos como o que você contou, de forma contundente, tornam-se mais corriqueiros, infelizmente. Girassóis nos seus dias, meu Anjo. Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá, ameei o seu blog, e já estou te seguindo *-*
    Passa no meu blog e me segue tbm?

    http://www.lookdediva.com/

    Beeijos.

    ResponderExcluir
  12. Clara,primeiro amei seu texto e ainda hoje li sobre esse assunto nos jornais!É mesmo lamentavel que ainda existam essas coisas em pleno sec.XXI.A imagem ficou mesmo muito divertida!Bjs e meu carinho!

    ResponderExcluir
  13. Clara,primeiro amei seu texto e ainda hoje li sobre esse assunto nos jornais!É mesmo lamentavel que ainda existam essas coisas em pleno sec.XXI.A imagem ficou mesmo muito divertida!Bjs e meu carinho!

    ResponderExcluir
  14. Nossa... fora do assunto do post... mas eu AMEI o reloginho. Que bonitinho o número 9 kKkkKkkk
    #FOFO

    ResponderExcluir
  15. Olá, querida
    Fico impressionada como isso acontece aos nossos olhos... muito mais vezes do que vemos na mídia...
    Bjm de paz

    ResponderExcluir
  16. Clarinha
    acho que ninguém tem estrela na testa. Não tem mesmo.
    Mas como você disse, é importante a gente ter amor próprio.
    Sem isso não percebemos o mal que certos relacionamentos trazem.
    Excelente reflexão.
    beijinho procê.

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!