quinta-feira, 7 de julho de 2011

A maldade passada de mãe pra filho...

Dia desses, minha filha e eu conversando animadamente e veio o assunto sobre uma vizinha do outro quarteirão e sua neta. Não era a primeira neta, mas a mais querida. Era a primeira filha da nora, então teve sempre todos os mimos.
Nasceu linda, olhos grandes e esverdeados, cabelos encaracolados...
A questão é a seguinte... nós conversando...
- Mas a menina tá muito gorda, olha o tamanho da barriga da menina!
- Também quando ela nasceu, tanto a mãe quanto a avó empanturravam a coitada, como se ela fosse morrer de inanição por ficar 3 horas sem comer... O estômago dela dilatou. Agora ela come sem parar...
Realmente... a mãe é gordinha... muito gordinha... obesa... e baixinha. Gente, eu falo isso sem preconceito nenhum, certo? Cada um sabe de sua vida!
Então, por a mãe já ser gordinha, a tendência é dos filhos puxarem... e a menininha linda não fugiu da tendência.
Poderia ser evitado.
A avó também colaborou muito com isso, já que a menina ficava com ela durante o dia.
O que intrigava minha filha e eu era o modo como tratavam a menina, sendo que existiam outros netos.
Não sabia falar uma frase sem ter o nome da menina nela. O avô era assim também. Era a menina pra cá e a menina pra lá.
Chegavam até a falar que ela tinha nascido pra trabalhar na tv de tão esperta que era. Muito inteligente, acima de todos e de tudo. Um exagero.
Quando entrou na escola então... ahhh ninguém aguentava. Imagine uma criança desse tamanho já saber tanta coisa!
- Mas se alguém ensina ela vai aprender, né dona avó?
- Ahh mas no meu tempo a gente aprendia isso com 8 anos...
- No tempo da senhora as crianças não frequentavam escola, dona avó!
Isso sem mencionar que a coitadinha está sofrendo bulling por causa da gordura... Isso é de doer o coração... Criança é cruel e não perdoa o amiguinho diferente.
Tudo isso minha filha e eu comentando.
E teve o aniversário da menina. E nós fomos. Na boa, minha filha disse:
- Só falta ela dar aqueles pitis dela...
E adivinhem? Alguém chegou com um presente e a menina simplesmente jogou no chão dizendo que não prestava, que não queria, que era pra devolver... E os pais e os avós só rindo da situação.
Se fosse eu, acho que pegava o presente, dizia que ia trocar e dava pra outra criança. E pra ela nada!
- Mãe, ela é bonitinha mas... é chatinha.
- Eu não acho ela tão bonitinha assim...
- É mãe, eu acho ela feinha... hehehe
- Ela é chata, feia, mal educada... criança insuportável. hahahahaha
Agora, eu digo: eu adoro crianças, mas nem todas...
Pra mim são fofas, mas nem todas...
São lindas desde que nascem, mas nem todas...
São espertas, mas nem todas...
E infelizmente a criança aprende o que lhe é ensinado. Tirando a feinha, de resto é tudo herança de pais e avós.
Será que vão me detonar com esse post?
Vocês sabem que eu adoro crianças, não sabem?


Ahhhh olha que coisa mais fofa...

11 comentários:

  1. Clara,

    Que pessoas mais sem noção... é claro que vão criar um monstrinho!

    Também gosto de crianças... mas nem de todas. Há crianças muito desagradáveis, sem graça, mal educadas... chegam na casa da gente vão metendo a mão em tudo... mas se os pais não dizem nada, ah, eu digo! Se os pais não têm educação pra ensinar aos filhos, eu também posso ser mal educada, chamando a atenção da criança... rsrsrs

    Feliz Tanabata!

    "(HJ é dia de Tanabata) A Lenda do Tanabata - O Festival das Estrelas e Do Amor Eterno - Lost in Japan lostinjapan.portalnippon.com/2011/07/lenda" Por Alexandre Mauj

    Girassóis no seu dia!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Celina, eu tbm sou bem bocuda, eu falo mesmo principalmente estando em minha casa. Não temos que aguentar coisas só por educação. Eu tbm sou mal educada qdo preciso.
    Vou festejar então com o Ale...
    Beijos. Bom dia pra vc.

    ResponderExcluir
  3. hahahahahha... ainda bem que vc adora crianças... hahah Ah Clara.. eu sou sincera, não consigo ser de outro jeito... Criança tem que ser mto especial para que eu simpatiza. nao me dou bem com criança. aquelas que gritam então por qqr coisa me irritam hahaha
    Sempre tem um "preferidinho" da avó né? Mimadinho, =cheio de vontades, mal educadinho.. ai... Não supooooooooorto hahahaha
    hahahaha

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhh Diva,
    E eu com consciência pesada de escrever este post.... hahahhahaha
    Só vc mesmo.
    Minha avó gostava muito de mim... eu fui a única que ela colocou apelido "negrinha". Mas nunca fui mimadinha, nem queridinha, nem "inha" de ninguém.
    hahahhahahaha ahhh Diva.
    Besos.

    ResponderExcluir
  5. Mas consciência pesada "pur causu di que"? kkkk
    Temos que ser sinceras nénão?
    Eu sou igual a meu pai hahaha
    Um dia a gente no supermercado, tinha uma mulher lá com seu filho de uns 8 anos... ele louco empurrando o carrinho em velocidade absurda.. brum brum brum (( emitindo aqueles sons sonoplastas)) hahaha bateu no meu pai.. ai a mãe do menino se desculpando: -Ah desculpe senhor...meu filho parece louco no supermercado (( falando rindo achando lindooo o que o menino fazia)) Ela falou isso esperando que meu pai compreensivo dizer criança assim mesmo..
    Mas ele disse: A senhora está certa.. ele está parecendo louco mesmo.. melhor procurar internação antes que prejudique mais alguém
    kkkkkkkkkk
    Depois a gente morreu de rir da cara da mae,, meio constrangida, meio brava... kkkkkkkkkk
    Adoooooooooooooro esse momento..
    ((( dor na consciência pra que?? )

    ResponderExcluir
  6. Adorei seu pai... kkkkkkkk
    E vc puxou a ele? Adorooooo!!!
    Não conte pra ninguém, mas tem hora que dá vontade de esmurrar alguém, não sei se a mãe ou o filho. Bulling é proibido né... Então tá, fico longe então...
    Besos.

    ResponderExcluir
  7. Olha, Clara. Sinceramente não te detonaria, ao contrário, aplaudo. é sério. não é só pq é criança que é linda e adorável, não é só pq é velhinho que é fofo e "dá vontade de levar pra casa", e tantos outros estereótipos.

    deu dó da menina, ela vai sofrer muito. criança é besta, tudo o que falam pra elas, elas acreditam. e a menina vai crescer achando que é estrela de hollywood, os outros vão fazer questão de mostrar que não é verdade. e pronto, já era a paz da menina.

    mas o problema grave mesmo vai ser qdo a menina perceber que ela não é tudo isso que sempre achou que fosse, porque disseram. vai dar uma revolta na cabeça dela que vai complicar o panorama.

    Adulto tem um dom pra k-gar criança né rs.

    bom dia! feliz dia do Amor Infinito das Estrelas!

    ResponderExcluir
  8. Alexandre, eu concordo com tudo isso que vc falou. Fiquei até um pouco aliviada. Pensei até que fosse implicância de minha parte.
    Eu adoro esse negócio de Amor Infinito das Estrelas... é lindo!!!
    Eu digo que amores são eternos... enquanto suportarmos... Falou em amor eu amo!!!!
    Beijos. Feliz dia do Amor Infinito das Estrelas pra vc que é uma linda estrela que brilha mais do que vc imagina. A gente enxerga daqui do outro lado.

    ResponderExcluir
  9. Clara (Var.Femininas), pais sem noção e crianças monstro.
    Estou torcendo que dê tudo certo pra vc.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Não acho que iriam te detonar, você só disse a verdade sem ser hipócrita...

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!