terça-feira, 19 de julho de 2011

Culpada!

Engraçado como nesse mundo rápido da internet às vezes cometemos erros sem nos informarmos sobre o assunto.
Sempre queremos culpar o outro, mas nunca verificamos se foi realmente o outro que cometeu o erro.
É comum, somos humanos e falhamos.
Agora mesmo digitando o "bonitinho" do computador travou.... Vontade de jogar ele na parede!!!
Ligar/desligar/perder dados/passar anti-vírus e todo o procedimento que nos gasta tempo e paciência.
Quem usa esse que uso é meu filho de 15 anos.... Ah 15 anos!
Já sabem o que significa né? Então.
E não tem um dia que eu não falo pra ele ter cuidado ao baixar vídeos, não entrar em sites suspeitos e ele com toda sua paciência sonsa, só olha e não responde. Isso me irrita profundamente.
Mãe às vezes fica com raiva de filho... É passageiro, mas acontece.
E meu filho é a pessoa pacata da família. Difícil ouvir a voz dele.
Confesso que tenho medo de gente assim. Nunca sabemos o que se passa, fala pouco, não reclama, não xinga, não briga, não discute, não pede.... É um tédio. Bem, é o jeito dele.
Mãe sempre reclama né... Se filho dá trabalho reclama... Se fica mudo reclama... Se não pára em casa reclama... Se fica em casa reclama... Mãe!!!
Voltando ao computador, ele usa e eu sei o que ele vê. Tive que falar claramente pra ele não abrir site pornográfico com mulheres nuas ou cenas de sexo. Falei na bucha. Ele só arregalou um olhão e não disse nada.
Raiva de mãe... "Não disse nada!"
Talvez nem seja por isso que o computador tá lerdo, talvez seja eu mesma que tenha colocado vírus sem querer, sim, sem querer viu? Eu baixo muita música, e pode ter acontecido.
Mas como humana já tô aqui culpando o menino.
Me fez lembrar uma vez que pedi um livro emprestado a um amigo de trabalho. Coloquei  na gaveta pra ler depois, e o livro sumiu.
E tinha um rapaz que tinha o hábito de "pegar" coisas das pessoas.
Pronto, foi ele! Pensei.
Mas não perguntei, não acusei, não comentei com ninguém. Apenas sabia que era ele!
Comprei outro livro e o devolvi ao dono.
Algumas semanas depois, revirando a tal gaveta... lá estava o livro no fundo.
Ô cabeção!!!!
Na hora, em silêncio, pedi perdão e mentalizei que tomaria mais cuidado antes de acusar, mesmo em pensamento.
Fiquei aliviada por não ter acusado ninguém, quer dizer, acusei, mas ninguém ouviu.
Menos mal.
Mas pedi perdão, juro!

10 comentários:

  1. Computador fica lerdo as vezes porque tem baixa memória.. mandei aumentar a memoria do meu agora ele tá deslizando como patinadores do gelo hahaha
    Clara, acusar o outro sem provar é realmente errado, mas quando se tem as provas do "meliante" ?
    kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Eu cuido sempre de não acusar ninguém tb....quase sempre estamos errados.
    A gente rotula as pessoas e tudo passa a ser daquele jeito...
    é meso melhor ficar calado, a menos que a gente tenha mesmo certeza ...

    ResponderExcluir
  3. GIUSEPPE......
    Na raiva a gente até joga uma indireta, mas é melhor deixar pra lá. Mesmo tendo certeza, eu prefiro me afastar da pessoa do que bater de frente. A não ser que a pessoa reconheça o erro.
    Beijos....

    ResponderExcluir
  4. Diva, vou ver isso da memória. Pode ser isso mesmo.
    É difícil saber quem é o culpado. Acho que o melhor ou pior castigo é se afastar da pessoa.
    Besos, linda!!!

    ResponderExcluir
  5. (tem um programinha chamado CC cleaner - não é pra tirar cecê rs - que ajuda um pouco, dá uma limpada no pc. uso mto)

    esses erros de condenação, olha, se a gente não se policia toda hora tá cometendo. pq a coisa mais fácil é a gente entender/julgar/analisar/concluir errado! e nisso a gente pode deixar uma pessoa bem magoada. Aliás, duas (o outro e nós mesmos).

    é complicado. e achei mto bacana vc perceber isso, sem aquela vaidade de "eu sou perfeito".

    bom dia Clara!

    ResponderExcluir
  6. Ale, vou procurar esse CC. Quem sabe resolve um pouco.

    Somos humanos cheios de defeitos e tbm com perfeita capacidade de reconhecer os erros e consertá-los.

    Boa semana, beijos.

    ResponderExcluir
  7. o meu esta praticamente novo...e lento...muito lento...afff

    ResponderExcluir
  8. Dani, não dá vontade de tacar na parede? Vou ver o que é e qquer coisa eu te falo!
    beijos....

    ResponderExcluir
  9. Clara querida,

    Saudade de vir aqui. Por aquele segundo comentário seu senti que vc pensou que estou com algum problema... olha eu julgando rsrs Andei meio sem vontade de escrever. Mas já passou. Julgar e condenar é tão fácil!!! O policiamento deve ser contínuo. Nada há de pior que condenar injustamente alguém!!!

    Girassóis nos seus dias.
    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Celina, nós somos humanos e erramos muito. Mas temos inteligência suficiente pra reconhecer e consertar.
    Beijos, saudades de vc.
    Boa semana!!!!

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo e deixe seu comentário!

Eu os responderei por aqui mesmo ou por email, se achar necessário.

São muito bem-vindos, sempre!